(41) 3019-8899

A Clínica Reggazzo

Composta por uma equipe multidisciplinar chefiada pelo Dr. Marco Aurélio K. Reggazzo. Com a missão de oferecer o melhor de cada um em benefício do paciente

Prótese de Glúteo

Cirurgia plástica que, através do preenchimento dos glúteos com próteses de silicone, aumenta o volume e melhora a projeção da região.


É indicada para quem deseja aumentar, modelar, e/ou corrigir a flacidez dos glúteos e não possui gordura suficiente no corpo para submeter-se a uma lipoescultura. Essa cirurgia é bastante procurada por pacientes de grupos étnicos específicos como os descendentes de europeus e orientais, que por herança genética não apresentam bumbum proeminente, como as descendentes de orientais e europeus.


É feita uma incisão no chamado sulco interglúteo (região entre as nádegas), localizado alguns centímetros acima do cóccix. As próteses são posicionadas no meio do músculo glúteo máximo. Cria-se um espaço no meio desse músculo para colocação das próteses, o que traz maior proteção e naturalidade nos resultados. A anestesia utilizada é a peridural com sedação. Essa técnica evoluiu muito nos últimos anos, trazendo mais conforto, segurança e eficácia nos resultados estéticos. Por ser implantada dentro do músculo, as próteses encontram-se bastante protegidas, não oferecendo risco algum de deformarem-se ao sentar ou ao apertar a região. Essa evolução gerou um grande aumento na procura por essa cirurgia, embora, não se sabe porque, muitas pessoas não costumam revelar que se submeteram a este procedimento.


Cabe ao médico, juntamente com a paciente, avaliar o melhor tamanho em conformidade com a estrutura dos quadris, para que o resultado seja harmônico. Os tamanhos de fábrica variam de 180ml a 360ml. Mas é possível encomendar tamanhos maiores. A prótese glútea não é a mesma usada para a prótese de mama. Ambas são de gel de silicone, mas a cápsula protetora da prótese glútea é mais resistente e o gel, mais consistente. Porém, assim como as próteses de mama, as próteses glúteas devem ser trocadas a longo prazo. Após uma internação hospitalar de 24 horas, é necessário esperar alguns dias para sentar completamente sobre o glúteo, 30 dias para dirigir e 45 dias para praticar exercícios físicos. Nos primeiros dias deve-se dormir em decúbito ventral (de bruços) e depois, dormir de lado até completar 15 dias.


Os avanços nessa modalidade de cirurgia plástica têm motivado as mulheres, especialmente, a buscar um bumbum mais atraente por meio desse procedimento. Além de deixar uma cicatriz imperceptível, a prótese glútea contribui para um considerável aumento na auto-estima das mulheres, uma vez que, no Brasil, possuir um belo bumbum é condição fundamental para atender aos padrões de beleza de nossa cultura. A única "desvantagem" de se ter uma prótese glútea é estar impedido de tomar injeção na região.